sexta-feira, 14 de outubro de 2011

E agora? Por onde começar?

Olá a todos!!!

Meio a tantas coisas para providenciar a pergunta que não quer calar é: POR ONDE COMEÇO????

Decidimos começar pela nossa casinha, afim de evitar preocupações futuras...

Em outubro do ano passado foi lançado um empreendimento com um preço dentro do orçamento na Barra Funda, porém na época não havia a possibilidade de comprovar a renda, então tivemos que esquecer.

Mas, como eu penso demais, entrava com frequência no site da imobiliária para acompanhar e sempre me deparava com "100% vendido".

Em dezembro de 2010 quando já podíamos comprovar a renda, fomos rodar em busca de novos empreendimentos e NADA!

Quem disse que eu desisti do nosso "apêzinho" na Barra Funda, hein???

Em janeiro, novamente fui fuxicar o site da imobiliária e eis que me deparo com "Últimas unidades". Caramba! Parecia até mentira.
Liguei desesperadamente para o Thiago e agendamos na imobiliária no mesmo final de semana.
E não é que 2 financiamentos não haviam sido aprovados pela Caixa Econômica e nossa unidade estava lá só esperando a assinatura do contrato. QUE SONHO!

Mas, como nem tudo são flores e não todos os profissionais são competentes estamos vivendo um problemão, parece que nossa casinha não quer ser nossa, mas VAI SER!

Até hoje não emitiram o boleto da intermediária com vencimento em 28/02/2011 sem qualquer resposta aos inúmeros requerimentos.
Infelizmente, a alternativa que restou foi depositar o valor em juízo através de Ação de Consignação em Pagamento e, digo infelizmente, por ser advogada e saber que esse não é o melhor meio para tanto. Tudo seria mais fácil se simplesmente imprimissem o boleto e estava resolvido.
A situação ainda se dificultou mais quando minha colega do Escritório de São Paulo que cuida do caso informou que a ação tramita no Cartório mais lento da terra da garoa.

Porém, como sempre digo ao Thiago, nunca podemos perder a esperança e focar sempre no pensamento positivo, pois quem diria que conseguiríamos fechar o contrato de compra do apartamento que queríamos desde o início?

Passei em frente às obras no último sábado e está a mil por hora o que significa uma preocupação a menos.

Falta esse impasse para marcarmos a data do dia mais sonhado: NOSSO CASAMENTO!

A previsão é de que as obras terminem em Setembro de 2012, porém ainda tem o prazo de 6 meses para a entrega das chaves (tomara que seja antes).

Ah, e ainda falta a aprovação da Caixa Econômica também...

Quero logo poder compartilhar novidades ótimas e conto com a torcida de todos!

Beijinhos, Iu!

Sigam-me no twitter



Um comentário:

  1. Oie! Passando aqui no seu cantinho!
    Obrigada pela visita!!

    Um beijo!

    ResponderExcluir